Saiba mais sobre galpões com estrutura modular

Sua empresa enfrenta o desafio de definir a melhor estratégia de expansão? Existem diferentes soluções para essa questão, mas uma delas merece destaque: a adoção de estruturas temporárias, em especial, os galpões modulares.

Seja para otimizar sua logística de operações, ampliar suas atividades ou promover melhores eventos, as empresas buscam alternativas viáveis e eficientes para driblar suas limitações de área, orçamento ou cronograma — somadas às incertezas de mercado — que não envolvam grandes riscos.

Nesse contexto, esse tipo de estrutura pode ser uma escolha bastante vantajosa, como veremos nesse post. Confira essas dicas sobre galpões modulares!

Estruturas temporárias: modelos e indicações de uso

Existem diferentes opções, algumas rapidamente removíveis e outras mais permanentes. Veja abaixo:

Os sombreadores 

Modelos comuns em estacionamentos, playgrounds e lava a jato. São sustentados por uma estrutura metálica e têm uma cobertura de sombreamento, feita com tela ou lona, bastante resistente e que pode ser pintada em diversas cores. A flexibilidade de uso dos módulos facilita determinar a área de cobertura e ampliá-la, se necessário.

O material da cobertura permite a circulação de ar (no caso da tela), reduz a temperatura da área de sombra, além de proteger contra chuvas e granizo. Ele deve ser antichamas e com proteção antimofo.

Tendas Piramidais

São muito indicadas para eventos, exposições, feiras e festas. São montadas em estrutura metálica e recebem cobertura em lona, que protege da incidência solar e da chuva. Devem ser fabricadas com proteção antichamas e antimofo. 

Igualmente às anteriores, são montadas em módulos, o que amplia as possibilidades de uso — a partir de uma grande variedade de áreas e cores.

Galpões modulares

Essas são as estruturas mais utilizadas para empresas, independentemente do porte, justamente pelas alternativas de fechamento, climatização e montagem modular — permite cobrir diferentes vãos e ampliá-los. São indicadas para o armazenamento de mercadorias, área de carga e descarga, garagens, centros de distribuição, entre outros fins.

O galpão modular com cobertura de duas águas é uma excelente alternativa para empresas que precisam expandir ou reorganizar suas atividades, mas não dispõem de recursos, prazos ou de área suficiente (e não pretendem se mudar ou adquirir um novo terreno). Conheça melhor essa solução a seguir!

Especificações

Os galpões modulares com cobertura de duas águas são bastante atraentes em comparação aos galpões convencionais — em concreto e alvenaria — ao se considerar a ampliação de empresas. Eles são montáveis, formados por módulos anexáveis, e podem ser projetados conforme a demanda. Isto é, o cliente determina as dimensões, os fechamentos e aberturas, os possíveis acréscimos e o tipo de ambientação interna.

Esses galpões são erguidos em estrutura metálica rígida e resistente, comumente em aço galvanizado. Dependendo do modelo, a construção pode alcançar um pé-direito elevado (mais de 10m de altura) e dimensões variadas de largura e comprimento (dezenas de metros).

A área coberta permanece aberta nas laterais ou recebe fechamentos de lona — opção mais comum. O número e a posição dos acessos são determinados pelo cliente. O material é tratado com pintura epóxi ou verniz, o que garante sua impermeabilidade. 

O piso deve ser pensado de acordo com os serviços previstos para o espaço. Fatores como a existência de áreas molhadas, pátios de manobra, estocagem de equipamentos pesados e mercadorias perecíveis, por exemplo, devem ser considerados para a sua especificação.

É importante ressaltar a perspectiva de mantê-lo no local por anos, desde que receba a manutenção adequada. Sua adoção pode, também, ser considerada uma alternativa ecologicamente mais sustentável, um critério muito pertinente na atualidade.

Vantagens 

Primeiramente, é notável a agilidade na montagem e a flexibilidade de uso dos galpões modulares. A estrutura metálica, que sustenta o galpão, não precisa ser apoiada sobre fundações, o que reduz o custo, o tempo e a complexidade de implantação. Essa condição corrobora um de seus principais benefícios: a possibilidade de relocação ou ampliação — basta agregar novos módulos.

A área interna é 100% aproveitável, já que a estrutura é posicionada somente nas extremidades. Os grandes vãos livres permitem maior liberdade de setorização, produtividade mais eficiente e de organização para logística — estocagem e circulação.

A redução no valor do investimento é um item considerável. Além da economia na implementação, caso seja um contrato de locação do galpão, pode haver o abatimento total do valor pago no Imposto de Renda como despesa operacional. Mais ainda, por se tratar de uma construção provisória, há isenção do pagamento de IPTU e dispensa de licenças para montagem.

A segurança e o conforto dos usuários são outro ponto de atenção. O ambiente pode ser climatizado e receber iluminação adequada — lonas translúcidas na cobertura, por sua vez, permitem o aproveitamento da luz natural. Os fechamentos têm tratamento antimofo, antifungos, antichamas autoextinguíveis e proteção contra radiação ultravioleta. A estrutura é resistente, segura e duradoura.

Montagem e manutenção

A montagem de uma estrutura como essa requer o serviço de uma empresa qualificada para que todas as normas técnicas e de segurança sejam obedecidas. Ela deve contar com mão de obra especializada, maquinário específico e experiência nessa atividade. Pesquisas e referências confiáveis são indispensáveis para a escolha.

Após essa definição, empresa e fornecedor formalizam um contrato de compra ou de locação, e é fundamental que a manutenção periódica e a assistência técnica estejam incluídas nele. 

Na fase seguinte, anterior à implantação, o local e as previsões de ampliação (se houver) são definidos. Um projeto é desenvolvido contendo os cálculos estruturais e detalhamento do galpão. Juntamente a esse processo, são pensados os sistemas complementares — iluminação, climatização, piso, combate a incêndio e outros que se fizerem necessários. 

Para a segurança e a garantia legal da empresa, a contratada deve contar com um profissional habilitado que será responsável pelo projeto técnico e execução da obra. Será preciso, também, a emissão de uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART).

Os galpões modulares são uma alternativa ágil, econômica e inovadora aos galpões construídos. Afinal, ter a possibilidade de alterar, ampliar ou relocar uma estrutura conforme as demandas da empresa, sem a morosidade, os custos, os riscos e a inflexibilidade de uma obra convencional, é um diferencial incrível. E, claro, com a garantia de qualidade, segurança e conforto a todos os usuários.

Esse post foi relevante para você e sua empresa? Gostaria de compartilhar as suas experiências? Então deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This